Destaque

Adolescente de 16 anos é violentada por 30 homens, mas você só se chocou agora?

27 de maio de 2016

VALTER TAMER

Uma adolescente de 16 anos foi violentada por 30 homens numa comunidade da zona oeste do Rio de Janeiro. A sociedade brasileira está chocada.

Sim, é um absurdo! Uma barbaridade! Mas isso acontece todos os dias, esse é só mais um caso de violência contra a mulher.

Eu fico me perguntando: Será que essa comoção toda é por que foram trinta? E quando são cinco, quatro, três, dois ou apenas um? A violência moral e psicológica é menor?

Deixa eu te dizer umas coisas:

Na antiguidade, a mulher era considerada desalmada. Isso mesmo, os antigos acreditavam que a mulher não tinha alma, que era uma criatura subumana.

Desde a antiguidade, a mulher é considerada inferior ao homem (afinal, ela é só uma costela dele!), tida, muitas vezes, como objeto sexual ou para procriação.

Nas sociedades patriarcais, as mulheres estéreis eram ignoradas e humilhadas pelos maridos porque acreditava-se que eram amaldiçoadas por Deus.

Ainda hoje, nas sociedades patriarcais, mulheres acusadas de adultério são apedrejadas pela própria família em praça pública em nome de Deus.

Maria Madalena, a primeira pessoa a ver Jesus Cristo ressuscitado, foi alvo da ira dos apóstolos. Ela era considerada indigna dessa deferência só por ser mulher.

As mulheres da igreja primitiva eram proibidas de entrar pela porta principal do templo – destinada exclusivamente aos homens. O Apóstolo Paulo ordenou que elas cobrissem a cabeça e ficassem caladas no templo. Ele ainda as proibiu de exercer cargos eclesiásticos. Só muito recentemente as mulheres vêm conquistando esse espaço dentro de algumas denominações cristãs.

Anualmente, três milhões de meninas sofrem mutilação genital em todo o mundo, respeitando uma tradição de mais de cinco mil anos. Sabe por quê? Porque o clitóris é visto como uma falsa representação do pênis que compete com a virilidade dos homens.

Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), atualmente, as mulheres recebem 77% do salário que os homens recebem para executar a mesma função.

Diariamente, milhões de mulheres sofrem assédio sexual. Em algumas cidades brasileiras foram criados vagões femininos nos trens e metrôs (os vagões rosa), com multa para os homens que forem pegos neles.

Há quem diga que a primeira violência contra a mulher foi cometida por Deus, quando decidiu criar o homem primeiro. É, pensando bem, por que Ele não criou os dois do mesmo barro?

Você não sabia? Isso é só o começo. A mulher é a principal vítima da violência em todas as culturas, em todos os povos, de todos os tempos. E você só se chocou agora?

Sabe o que me choca de verdade? É a humanidade ainda não se dar conta de que uma violência contra uma mulher é uma violência contra todas as mulheres; contra a mãe natureza; contra a Mãe Divina; contra todas as mães; contra todas as filhas; contra todas as irmãs; contra todas as esposas; contra a essência feminina que dá à luz todas as entidades vivas, todos os dias, desde que o mundo é mundo.

Minhas humildes e respeitosas reverências a todas as mulheres. Hoje, especialmente, à menina que foi violentada não por trinta homens, mas por uma sociedade inteira que ainda admite que isso aconteça.

50 Comentários

  1. Cristine Bolite disse:

    Perfeito! Como sempre!

  2. Isabel disse:

    Meu Mestre também não consegui entender porque tamanha repercussão nesse caso.Muito bom seu artigo

  3. Mirelle Esposito disse:

    Independente do número, a violência é a mesma… Trata-se de estrutura! Texto perfeito…

  4. Elga disse:

    Porrammm!!!! Sem palavras!!!

  5. Texto perfeito. Maravilhoso como sempre.

  6. Marta disse:

    Texto perfeito !! Sempre me choco com violência sem medida contra indefesos ( animais, crianças e idosos na linha de frente) E ainda estou ouvindo nos corredores do meu trabalho jovens abaixo dos 30 anos citando que ela vivia drogada e se metia com bandidos , logo não poderia reclamar porque estava exposta a isso ou coisa pior !! E assustador ver a geração de pessoas que estao vindo por aí e pior , vão ter seus filhos e passar essa mentalidade adiante…..

  7. Uilson Rangel disse:

    Genial!!! Lembrar e enfatizar que a Mulher é a forma, no sentido mais puro e compreensivo que as nossas mentes humanas limitadas tem a capacidade de compreender, de expressão e manifestação do sentimento e amor incondicional, de um Deus também “feminino” ou Mãe divina… Reflexão profunda sobre este triste caso e inúmeros que ocorrem todos os dias. Obrigado Mestre!!!

  8. Gilson disse:

    Casos como esse me entristecem profundamente. Me coloco no lugar das vítimas e imagino a dor que isso causa na alma e o grande impacto que causa na vida. Meu coração está muito, muito triste!! 😢 E excelente reflexão!! Parabéns!!

  9. Raquel Andrade disse:

    Tamer, essa contextualização foi muito oportuna! Afinal, a sociedade em que vivemos ainda resiste em admitir o quão desrespeitosa e especialmente injusta ainda é com a mulher! De fato, é uma pena que isso só seja constatado diante de situações extremas, como esse crime bárbaro! Abraços!

  10. Nina disse:

    Texto brilhantemente escrito. A violência que chocou a todos foi grotesca… Mas há muita violência disfarçada… Muito violência moral que muitas mulheres sequer conseguem se dar conta! Quando nos perguntam em uma entrevista de emprego se pensamos em ter filhos, quando nos demitem Pq estamos em idade fértil, quando nos olham diferente na rua e nos assediam e dizem que nós gostamos disso… Etc etc etc…. Tudo corrobora com essa experiência que é ser mulher nessa sociedade machista! E muitas vezes propagação de mulheres que cultuam esse machismo, sem nem saber ao certo quem elas mesmas são!

  11. Priscila Uekane di Lofiego disse:

    Excelente conteúdo que nos possibilita pensar na estrutura do problema. Parabéns pelo texto!

  12. José Haddad disse:

    Muito boa, a reflexão!

    Muitas são as mulheres que ainda são agredidas no anonimato e por medo, não revelam seu sofrimento.

    Precisamos, cada vez mais, criar um ambiente de credibilidade pública, onde essas mulheres possam denunciar delinquentes agressores.

  13. Rosanne Machado disse:

    Perfeito, as usual !
    Beijos, Rô

  14. Silvana disse:

    E, olha que não somos minoria. Ou muda a sociedade ou nada vai mudar. Mulher e homem, somos iguais, precisamos fazer evoluir isso. Obrigada e parabéns por dividir essas verdades conosco, Tamer.

  15. Alice Belfort disse:

    Putzzz! Vc sempre me surpreendendo positivamente.

    Além de um excelente retrospecto histórico e cultural, um final perfeito!

    Obrigada.

  16. ludmila mamede disse:

    Obrigada meu querido Mestre!
    seus textos são incríveis…vale a pena a sua dedicação!
    Amo-te!

  17. Eliana Silva disse:

    Tamer,
    Parabéns pelo texto irretocável. Mestre sempre brilhante.

  18. Suzana Machado disse:

    É isso, Tamer. Sim, é chocante! É inimaginável o que essa moça passou e como será a vida dela daqui por diante. Mas a nossa sociedade tolera esse tipo de coisa e convive com o machismo e o abuso do mais forte como se não fosse nada! Este crime bárbaro é só a ponta do iceberg! Triste! Muito triste!

  19. Carolina disse:

    Realmente é um absurdo a violência que as mulheres sofrem a milhares de anos! Qualquer violência é inadmissível, e precisamos nos conscientizar de que as mulheres são seres humanos iluminados. E não defendo apenas por ser mulher, mas porque é triste que não se importa com o que vem acontecendo com a humanidade: as pessoas esquecem de valores importantes e primordiais e banalizam todos os critérios!

  20. Lorena disse:

    Excelente texto!
    Nos faz refletir sobre o que de fato é importante.
    O problema não é o que ela fazia, o que ela vestia, como se comportava. Isso é conteúdo!
    Parabéns, continue nos presenteando com textos como esse.

  21. Elizeu Rodrigues Cremm disse:

    Tamer, você expressa o pensamento de forma lógica e muito coerente! Tenho lido você nestes últimos dias. Parabéns! Ė preciso entendermos melhor os textos “sagrados”!

  22. Kelly Pimentel disse:

    Me lembro da passagem”O escândalo é necessário, mas aí daquele que provoca o escândalo”. Ainda precisamos de casos como esses para despertar a consciência de que não fazemos o bem para o qual fomos criados. Temos que parar nesse momento e refletir: o que estamos fazendo? Qual o nosso papel na sociedade que vivemos? 4braços

  23. Marise Esposito disse:

    E a violência continua no descaso das investigações .Cada vez mais desafiante viver nesse mundo.

  24. noemi de araujo souza disse:

    Excelente a reflexão! e vejo como a investigação trata o caso… chocante é ver a vítima ser colocada como causadora do fato. Revoltante. Importante nos perguntarmos: o que podemos aprender sobre as relações homem/mulher; adulto/criança…. enfim as relações humanas na sociedade. Obrigada por podermos conviver com pessoas que buscam o melhor…

Deixe o seu comentário!

METAMORPHOSIS 1

PRÓXIMA TURMA

16 MAR 2018

ASSINE NOSSA NEWS

Seus dados são confidenciais, serão mantidos em sigilo e jamais repassados a terceiros.

INFORME SEUS DADOS PARA RESERVAR SUA VAGA NO MÉTODO TAMER METAMORPHOSIS 1.


Suas informações serão mantidas em total sigilo. Dados confidencias protegidas por lei.

ScrollTop